Links

Subscreva agora a ARTECAPITAL - NEWSLETTER quinzenal para saber as últimas exposições, entrevistas e notícias de arte contemporânea.



ARTECAPITAL RECOMENDA


Outras recomendações:

Et sic in infinitum


José Pedro Croft
Museu Arpad Szenes - Vieira da Silva, Lisboa

INTERSECTIO


José de Carvalho e Peter Halley
Fundação Eugénio de Almeida - Centro de Arte e Cultura, Évora

Coleção da Farm Security Administration


COLECTIVA
CEFT — Casa dos Cubos, Tomar

Ninguém termina na ponta dos dedos


Sandra Valle
IMAGO, Lisboa

Vim para enterrar César


Gustavo Sumpta
CAPC - Círculo de Artes Plásticas, Coimbra

A Life on Stage


Peter Wächtler
Culturgest, Lisboa

Paisagem Continuada


Pedro Chorão
Galeria Monumental, Lisboa

OLHAR DE PERTO, PONTO DE INDECISÃO


JÚLIA VENTURA
Galeria Pedro Oliveira, Porto

Diário – dias incertos


Fátima Mendonça
Galeria 111, Lisboa

PARADEISOS


Henrique Vieira Ribeiro
Museu Nacional de História Natural e da Ciência, Lisboa

ARQUIVO:

O seguinte guia de exposições é uma perspectiva prévia compilada pela ARTECAPITAL, antecipando as mostras. Envie-nos informação (Press-Release e imagem) das próximas inaugurações. Seleccionamos três exposições periodicamente, divulgando-as junto dos nossos leitores.

 


MARTA POMBO

DEMASIADO




AT THE WINDOW
Rua da Misericórdia 66, 1º andar
1200-273

01 DEZ - 31 DEZ 2022


INAUGURAÇÃO: 1 de Dezembro, das 15h30 às 19h30 na Rua da Misericórdia 66, 1º andar, Lisboa

Exposição individual



:::


DEMASIADO / MARTA POMBO

DEMASIADO nasce de um recorrente sonho enquanto criança em que as pessoas eram demasiadamente grandes para caber nele. No enquadramento do sonho dava para ver apenas um pé muito grande a passar, uma cabeça enorme que não era possível ver na totalidade, a lateral de uma mão gigante que calmamente oscilava para a frente e para trás. Estava tudo com demasiado zoom para ver a pessoa inteira. Afligia não conseguir ter o afastamento suficiente para ver o corpo todo. No entanto, depois de acordar, do pesadelo era guardado o desejo de o reproduzir na imaginação, de reproduzir esta imagem gigante difícil de entender, deixando a angústia e a vertigem levarem a melhor. Esta instalação pretende dar corpo às dualidades trazidas por este sonho e depois de acordar dele afago-empurrão infância-vetustez conforto-perigo carinho-bruteza guarda-abismo

DEMASIADO foi pensada para as janelas da CABANAmad, de forma ser vista do exterior, de baixo para cima.


:::


AT THE WINDOW

AT THE WINDOW tenciona trazer a arte para fora do espaço da galeria, exposto para que toda a gente o veja, visitantes e transeuntes.
Um projeto nas nossas janelas, para ser visto da rua.